Histórico | Marcelino Ramos

Marcelino Ramos

Marcelino Ramos – RS  é um município de pequeno porte, com pouco mais de 5 mil habitantes, de acordo com o Senso de 2010 do IBGÉ, localizado no alto Uruguai, e é assim denominado em homenagem a um dos construtores da ferrovia que atravessa seu território: Rio Grande do Sul – São Paulo. Até 1893, a área em que se situa Marcelino Ramos permaneceu inexplorada, era coberta por mata virgem e apenas habitada pelos índios coroados. Pertencia então ao município de Passo Fundo e, durante a revolução de 1893, algumas famílias que se refugiavam deram início ao povoamento às margens do rio. Este povoado se localizou defronte a foz do Rio do Peixe, sendo por isso denominado “Barra”. A construção da ferrovia São Paulo – Rio Grande, e da ponte sobre o Rio Uruguai, um marco histórico, veio incrementar grandemente o povoamento e o local passou a ser designado por “Estação do Alto Uruguai” ou apenas “Alto Uruguai”. Após a construção da ponte de ferro, em 1911, ocorreu uma violenta cheia que obrigou o povoado a transferir-se para o local onde hoje se situa a sede do município. Para este local afluíram elementos das “Colônias Velhas”, os quais impulsionaram grandemente o progresso da localidade que em homenagem ao engenheiro responsável pelo traçado da ferrovia, passa a chamar-se Marcelino Ramos. Em 1938 foi elevada à condição de Vila e, somente foi emancipado em 28/12/1944, sendo instalado em 01/01/1945.

 Autor do Histórico: LUIZ SÉRGIO MELO PERIN). Informações sobre a perfuração do Balneário clique aqui.

DADOS

População: 5.134 habitantes (Censo de 2010)
Homens: 2.555Marcelino Ramos
Mulheres: 2.579
Área Territorial (Km²): 229,759
Densidade Demográfica (hab/Km²): 22,36
Gentílico: Marcelinense
População residente Católica: 4.268

DISTÂNCIAS:
Erechim: 54km
Concórdia: 52km
Passo Fundo: 128km
Porto Alegre: 430km
Curitiba: 450km

Clique no mapa e veja onde estamos:


Gostou! Compartilhe nas Redes Sociais